Seguidores


Conquiste o mundo!

10
Tenham todas uma semana abençoada!

Beijocas!

10 Recados:

Lucia Costa Siqueira disse...

Olá
Obrigado amiga
Pra vc tmb,uma semana de
Saúde,paz e amor
bjssss

lilisinha disse...

Olá querida!!!
Uma linda e Perfeitinha semana!!!
Bjos Carinhosos!!!

❀Patrícia Brum❀ disse...

Olá... adorei mais esse cantinho seu, e já estou te seguindo... bjs no coração!!!!

Marieli disse...

Oi Si... Tem uma brincadeirinha pra vc no blog!
Bjssss, Marieli

*Mademoiselle Susie* disse...

Siglea

Passando pra deixar um oi e um beijo.

Silvia Marina disse...

Oiiii Siglea,

Estou aqui também....hehehehe!!!!
Uma linda e abençoada semana para você!

Bjss
Silvia

Florzinha Arteira disse...

Este cantinho da margarida é muito bonito, parabéns, gostei muito e já estou seguindo.

Adoraria receber sua opinião.
Priscilla
http://florzinharteira.blogspot.com/

Lucinha disse...

Siglea,

Estou retornando às visitas da parceria, pela nova listagem e vim conhecer o seu outro cantinho.Estava curiosa pra conhecer o Cantinho da Margarida.
Tenha um lindo dia.
http://lucinhasdreamgarden.blogspot.com/
Beijos

Cris disse...

Eu escolhi o amor....o mundo que se prepare...estou no ringue!!!
Bjao
Cris
http://artesanatodelacres.blogspot.com

Elaine Ap Vieira Serra disse...

Olá faço parte das blogueiras unidas e passei para conhecer o seu cantinho, esta de parabéns. Bjs
www.evaelaineserra.blospot.com

Postar um comentário

Dia 19 de Março - Dia do Artesão

Dia 19 de Março - Dia do Artesão
Minha poesia é inglória, vive em bancas incertas.
Do pódio e das vitórias, traduz histórias discretas.
Nos dizeres, incontida, minha poesia é de lua, às vezes, reza vestida às vezes, discursa nua.
Meu poema é artesanato.
E sai-me pronto das mãos.
Coso-o, com muito cuidado, cirzo-o, sem distração.
Às vezes, vem das sucatas de contas e velhos botões, de renda e fitas baratas, da fieira dos piões.
Que ressona atrás da porta, tem os pêlos de um cão, no final das linhas tortas traz pena, paina, algodão. Tem cores das violetas, pose de pedra-sabão.
Nas asas da borboleta, nem coloca os pés no chão.
O poema-artesanato traz ponto-cruz, bordaduras.
É sempre um simples retrato de uma notória figura. Retirado da net.


São José Carpinteiro.

São José Carpinteiro.