Seguidores


O Sapo e a Rosa.

4


Era uma vez uma rosa muito bonita, que se sentia envaidecida ao saber que
era a mais linda do jardim.

Mas começou a perceber que as pessoas somente a observavam de longe.
Acabou se dando conta de que, ao seu lado, sempre havia um sapo grande, e esta era a razão pela qual ninguém se aproximava dela.
Indignada diante da descoberta, ordenou ao sapo que se afastasse dela
imediatamente.

O sapo, muito humildemente, disse:
- Está bem, se é assim que você quer...
Algum tempo depois o sapo passou por onde estava a rosa, e se surpreendeu ao vê-la murcha, sem folhas nem pétalas.

Penalizado, disse a ela:
- Que coisa horrível, o que aconteceu com você?
A rosa respondeu:
- É que, desde que você foi embora, as formigas me comeram dia a dia, e agora nunca voltarei a ser o que era.
O sapo respondeu:
- Quando eu estava por aqui, comia todas as formigas que se aproximavam de ti. Por isso é que era a mais bonita do jardim...
Muitas vezes desvalorizamos os outros por crermos que somos superiores a eles, mais "bonitos", de mais valor, ou que eles não nos servem para nada.
Deus não fez ninguém para "sobrar" neste mundo. Todos têm algo a aprender com outros ou a ensinar a eles, e ninguém deve desvalorizar a ninguém.
Pode ser que uma destas pessoas, a quem não damos valor, nos faça um bem que nem mesmo nós percebemos.
Que Deus nos abençoe e nos ajude a enxergar a “beleza" dos outros.



Acabei de copiar este texto do blog "Cantinho do Meu Bem" da amiga Jane souza.

clique no link e espie o cantino da Janinha!


Lembre!

Gentileza,Gera Gentileza!

4 Recados:

lilisinha disse...

Muito verdadeiro esse texto. E como se vê isso quase todo o dia.
Ótimo início de semana!!
Bjos Carinhosos.

Janinha Meu Bem disse...

Rsrs hei amigaa, rsrs. Que engraçado eu tb post ontem essa história. Te vi na lista do blog da Angela Costa (Donna Artes) E entrei pra conhecer seu blog. Um Beijo =)

Artsanalia disse...

Amei a mensagem,obrigada!
Também sou do Blogueiras,abraço!

DIVINA/CLEURISO disse...

obrigada por compartilhar conosco essas maravilhas.Sou amiga da arte, do artesanato feito com carinho e de mensagens edificantes, Tambem admiro que tem o desprendimento de partilhar algo bom com o proximo. Felicidades

Postar um comentário

Dia 19 de Março - Dia do Artesão

Dia 19 de Março - Dia do Artesão
Minha poesia é inglória, vive em bancas incertas.
Do pódio e das vitórias, traduz histórias discretas.
Nos dizeres, incontida, minha poesia é de lua, às vezes, reza vestida às vezes, discursa nua.
Meu poema é artesanato.
E sai-me pronto das mãos.
Coso-o, com muito cuidado, cirzo-o, sem distração.
Às vezes, vem das sucatas de contas e velhos botões, de renda e fitas baratas, da fieira dos piões.
Que ressona atrás da porta, tem os pêlos de um cão, no final das linhas tortas traz pena, paina, algodão. Tem cores das violetas, pose de pedra-sabão.
Nas asas da borboleta, nem coloca os pés no chão.
O poema-artesanato traz ponto-cruz, bordaduras.
É sempre um simples retrato de uma notória figura. Retirado da net.


São José Carpinteiro.

São José Carpinteiro.