Seguidores


Saiba que milagres acontecem todos os dias, basta acreditar...

6

Aceite as transformações e acorde para a vida! Abra a janela da alma para que a felicidade chegue até você! Saiba que milagres acontecem todos os dias, basta acreditar...

6 Recados:

Profª Lourdes disse...

Olá amiga! Passei para desejar uma linda tarde de Domingo e um início de semana com muita saúde, paz e sucesso. Quero dizer que neste mundo de blogueiras ( os) foi maravilhoso te encontrar porque para ser amigos(as) mesmo com a telinha nos separando é possível. Como diz Ralph Waldo Emerson)
A glória da amizade não é a mão estendida, nem o sorriso carinhoso, nem mesmo a delícia da companhia. “É a inspiração espiritual que vem quando você descobre que alguém acredita e confia em você.” Abraços fica com Deus.

Valkiria Miyaguti disse...

Eu acredito !!! bom fim de domingo e um beijo no coração... by Val...=)

Friends Forever disse...

Olá,os milagres acontecem sim! E nunca devemos deixar de acreditar!!!
Um bom domingo!
Bjs
Amara

Eline disse...

Que imagem linda e inspiradora com certeza. A vida é um grande milagre, e as flores são um exemplo disso.
boa semana!

Babi Oriani disse...

Olá querida!
ADORO!
Agora tenho fanpage, curti lá:
https://www.facebook.com/BlogBabiOriani
www.babioriani.blogspot.com
Espero sua visita no meu blog!
Mil beijos

Monique Antoneto E Carolina Rossi disse...

Oii venha nos visitar, nos ajudem seguindo nosso blog, estamos começando agora..aprendendo a mexer nesse mundo de blogueiras...se puder nos de um apoio , ficaríamos gratas! nosso blog é sobre moda, looks, unhas decoradas, vida pessoal, tag...videos do nosso canal do youtube etc :] canal do youtube: sweetcarol11 e moniqueantoneto bjss aguardaremos sua presença no nosso blog*.*

Postar um comentário

Dia 19 de Março - Dia do Artesão

Dia 19 de Março - Dia do Artesão
Minha poesia é inglória, vive em bancas incertas.
Do pódio e das vitórias, traduz histórias discretas.
Nos dizeres, incontida, minha poesia é de lua, às vezes, reza vestida às vezes, discursa nua.
Meu poema é artesanato.
E sai-me pronto das mãos.
Coso-o, com muito cuidado, cirzo-o, sem distração.
Às vezes, vem das sucatas de contas e velhos botões, de renda e fitas baratas, da fieira dos piões.
Que ressona atrás da porta, tem os pêlos de um cão, no final das linhas tortas traz pena, paina, algodão. Tem cores das violetas, pose de pedra-sabão.
Nas asas da borboleta, nem coloca os pés no chão.
O poema-artesanato traz ponto-cruz, bordaduras.
É sempre um simples retrato de uma notória figura. Retirado da net.


São José Carpinteiro.

São José Carpinteiro.