Seguidores


Parceria Blogueiras Unidas & Vej@Blog.

2

Oi queridas amigas BLOGUEIRAS UNIDAS!

HOJE TRAGO ESTA GRANDE NOVIDADE!

PARCERIA
 "BLOGUEIRAS UNIDAS & VEJABLOG"


Todas as BLOGUEIRAS UNIDAS que se inscreverem no MOSAICO que está no topo do blog BLOGUEIRAS UNIDAS.
 Serão automaticamente selecionadas pelo VejaBlog!

Espie neste link nossa página no VejaBlog!

Caso você já esteja inscrita em nosso MOSAICO, 
está autorizada a buscar o selo e postar em seu blog!


Se você já faz parte do MOSAICO BLOGUEIRAS UNIDAS, Parabéns!
Seu site está entre os melhores do Brasil.
Aproveite para pegar o  selo - NO LINK ABAIXO -
e exibi-lo com orgulho em seu Blog/Site!





**IMPORTANTE**

NOSSO MOSAICO É UNICAMENTE PARA PARTICIPANTES DA PARCERIA BLOGUEIRAS UNIDAS. É OBRIGATÓRIO A IMAGEM DA CARTEIRINHA DE MEMBRO OFICIAL DE NOSSA PARCERIA.

Faça seu pedido da carteirinha oficial para a amiga Paulinha Matos!

*********************


**RECADO PARA QUEM AINDA NÃO FAZ PARTE DE NOSSA PARCERIA**

Nosso FORMULÁRIO está prestes a ser REABERTO!
Fiquem atentas as nossas postagens!
http://listadedivulgacaoblogueirasunidas.blogspot.com.br/


********************





2 Recados:

Brasileira sim Senhor disse...

Olá querida , saudades de visitar as amigas, mas logo logo a minha net será instalada. Parabéns por mais esta conquista. Super bjs

Stephânia disse...

Uauuu que demais :D Siglea O blogueiras unidas é um espaço primoroso e vc é um espetáculo de dedicação, um exemplo mesmo!!! Parabéns eee iuupii =)) beijo grande
BU 999
http://fuloarteira.blogspot.com.br/

Postar um comentário

Dia 19 de Março - Dia do Artesão

Dia 19 de Março - Dia do Artesão
Minha poesia é inglória, vive em bancas incertas.
Do pódio e das vitórias, traduz histórias discretas.
Nos dizeres, incontida, minha poesia é de lua, às vezes, reza vestida às vezes, discursa nua.
Meu poema é artesanato.
E sai-me pronto das mãos.
Coso-o, com muito cuidado, cirzo-o, sem distração.
Às vezes, vem das sucatas de contas e velhos botões, de renda e fitas baratas, da fieira dos piões.
Que ressona atrás da porta, tem os pêlos de um cão, no final das linhas tortas traz pena, paina, algodão. Tem cores das violetas, pose de pedra-sabão.
Nas asas da borboleta, nem coloca os pés no chão.
O poema-artesanato traz ponto-cruz, bordaduras.
É sempre um simples retrato de uma notória figura. Retirado da net.


São José Carpinteiro.

São José Carpinteiro.