Seguidores


Concurso Cultural Tekbond

4

Oi amigas e seguidoras!

Hoje venho fazer um pedido em meu nome!
Clique no link, faça sua inscrição no concurso cultural Tekbon.
http://www.tekbond.com.br/euquerominhacesta
Ao se cadastrarem deverão indicar onde souberam da campanha. Quando escolherem “Indicação de amigo
vai abrir um campo para colocar o meu número (1769).
Lembrem!

Gentileza, Gera Gentileza!

Conto com a ajuda de todas!
Beijocas!
Siglea Mallet

4 Recados:

Fofa's Baeutiful disse...

Olá querida!Adorei seu cantinho, tb faço parte das blogueiras unidas, estou te seguindo , aguardo uma visitinha sua no meu bloguinho tambem!! bjussssss

www.fofasbeautiful.blogspot.com (nº615)

♥ Viviαŋє ♥ disse...

Olá tudo bem? É a primeira vez que venho até o seu blog. Adorei tudo por aqui e já estou seguindo!

Aproveito para desejar uma excelente semana. Se puder visite-me também e se gostar, siga-me. Aguardo sua visita.

www.vivianeborges.com

Cris - www.artesanatodelacres.blogspot.com disse...

Oiii....estive la e ja ti indiquei....boa sorte !!
Cris
http://artesanatodelacres.blogspot.com

Neide Santos disse...

Oi Siglea,
falo parte das blogueiras unidas e fui no link da tekbond e votei no seu número. Mas gostaria que me explicasse por gentileza. Eu também ganhei um número e agora? Como faço a postagem no meu blog, do seu pedido ou do meu?
Agora fiquei meio confusa. Se puder me ajudar ficarei grata.
beijos e fica com Deus
http://artamorepresentes.blogspot.com

Postar um comentário

Dia 19 de Março - Dia do Artesão

Dia 19 de Março - Dia do Artesão
Minha poesia é inglória, vive em bancas incertas.
Do pódio e das vitórias, traduz histórias discretas.
Nos dizeres, incontida, minha poesia é de lua, às vezes, reza vestida às vezes, discursa nua.
Meu poema é artesanato.
E sai-me pronto das mãos.
Coso-o, com muito cuidado, cirzo-o, sem distração.
Às vezes, vem das sucatas de contas e velhos botões, de renda e fitas baratas, da fieira dos piões.
Que ressona atrás da porta, tem os pêlos de um cão, no final das linhas tortas traz pena, paina, algodão. Tem cores das violetas, pose de pedra-sabão.
Nas asas da borboleta, nem coloca os pés no chão.
O poema-artesanato traz ponto-cruz, bordaduras.
É sempre um simples retrato de uma notória figura. Retirado da net.


São José Carpinteiro.

São José Carpinteiro.