Seguidores


Eu sou a MARGARIDA - Siglea Mallet - 18/10/1965.

6




Libra
Lei e Equilíbrio:

O mundo deveria ser Equilibrado, harmonioso, simétrico, perfeito e a forma que o libriano acredita que o mundo deveria ser. Sabe usar diplomacia natural, evitando demonstrar impaciência ou agressividade.

6 Recados:

artes e paninhos disse...

Eu sou o amor perfeito. 12/03
Beijinhos Andrea

Karla Neves disse...

Eu sou orquídea,08/02.bjs Karla Neves.Adorei cada cantinho muito bom estar aqui.

Graça disse...

Amei.....eu sou amor perfeito...rsrs...mas adoro margarida, rosas e girassol são minhas preferidas,bjus

Fabiana disse...

Oi Siglea obrigado por visitar meu blog - fabibelainfancia.blogspot.com. Já estou seguindo o seu. Tb faço parte das blogueiras unidas

Nívia disse...

Passando para ver as novidades e desejarum bom final de semana!

claudiane salum disse...

oi si!FELIZ NIVER!
amanhã é dia de bolo com certeza!passei aqui pra te ver e desejar muito,muito,muito,muito sucesso
em tudo que vc fizer,pois vc é uma pessoa bem-aventurada com certeza,leia o salmo 1 todo que vc vai entender,bjs e um abraço bem apertado da sua amiga que te gosta muito!

Postar um comentário

Dia 19 de Março - Dia do Artesão

Dia 19 de Março - Dia do Artesão
Minha poesia é inglória, vive em bancas incertas.
Do pódio e das vitórias, traduz histórias discretas.
Nos dizeres, incontida, minha poesia é de lua, às vezes, reza vestida às vezes, discursa nua.
Meu poema é artesanato.
E sai-me pronto das mãos.
Coso-o, com muito cuidado, cirzo-o, sem distração.
Às vezes, vem das sucatas de contas e velhos botões, de renda e fitas baratas, da fieira dos piões.
Que ressona atrás da porta, tem os pêlos de um cão, no final das linhas tortas traz pena, paina, algodão. Tem cores das violetas, pose de pedra-sabão.
Nas asas da borboleta, nem coloca os pés no chão.
O poema-artesanato traz ponto-cruz, bordaduras.
É sempre um simples retrato de uma notória figura. Retirado da net.


São José Carpinteiro.

São José Carpinteiro.